6 Boas Práticas de Controle Financeiro Para Sua Empresa - Assespro - SP

6 Boas Práticas de Controle Financeiro Para Sua Empresa

Início/Artigos, Sem categoria, ÚLTIMAS NOTÍCIAS/6 Boas Práticas de Controle Financeiro Para Sua Empresa

6 Boas Práticas de Controle Financeiro Para Sua Empresa

O controle financeiro é um processo importante para qualquer empresa que queira se manter competitiva. Indo além, podemos até dizer que esse cuidado é essencial para a própria sobrevivência do negócio.

Garantir um bom fluxo de caixa evita surpresas desagradáveis e ajuda também na tomada de decisão. Você sabia que há algumas medidas estratégicas que podem ser tomadas para facilitar a administração das finanças de sua empresa? Vamos saber mais sobre isto?

  1. Separe os tipos de finanças

Pequenos empresários costumam misturar suas finanças pessoais com as da empresa. Para manter o controle dos recursos em dia, tenha sempre em mente que é muito importante separar essas duas contas.

Centralize as despesas do negócio no cartão corporativo. Dessa forma, você sabe quanto a sua empresa gasta e não corre o risco de pagar as contas comerciais com os seus recursos pessoais.

  1. Fique atento ao fluxo de caixa

O acompanhamento do fluxo de caixa permite verificar se a empresa realmente está dando lucro ou até mesmo analisar se é o momento de reduzir ainda mais as despesas.

Registre todas as entradas e saídas da empresa. Mais do que isto, analise o fluxo de caixa semanalmente a fim de certificar-se de que os pagamentos previstos foram realizados e se os recebimentos de fato aconteceram.

  1. Reduza despesas desnecessárias

Tradicionalmente, todas as empresas nascem para dar lucro. Se a sua operação comercial mostra que as saídas superam as entradas, é o momento de reavaliar as despesas.

Essa nem sempre é uma tarefa fácil. Inicie pelos itens que não são essenciais e que não afetarão o funcionamento e os resultados da empresa. Uma boa dica é criar uma campanha interna entre os colaboradores, inserindo uma premiação para as equipes com os melhores indicadores.

  1. Evite atrasos

Multas, juros e outras taxas advindas do pagamento de contas em atraso são inimigos do controle financeiro e comprometem o lucro da organização.

Evite ao máximo esse tipo de acontecimento. Programe o pagamento das contas corporativas com antecedência. O procedimento ideal é colocar os vencimentos em datas próximas para evitar o esquecimento de algum.

  1. Monitore o estoque

Se você trabalha com produtos físicos, sabe que estoques abarrotados significam dinheiro parado. Por outro lado, estoques mal planejados e com poucos itens são prejudiciais às vendas. Procure armazenar os itens na quantidade correta para o fluxo de vendas.

Neste ponto, busque o equilíbrio. Mantenha em estoque os produtos com mais saída e deixe os que não saem muito em menos quantidade. Para chegar nesses números, uma boa saída é estudar o histórico de vendas de cada item no mesmo período dos anos anteriores.

  1. Negocie com os fornecedores

Seus fornecedores devem ser parceiros e não adversários. Ambos devem caminhar em prol do crescimento dos negócios e, para isso, vale a boa e conhecida técnica da negociação.

O melhor cenário é pagar aos fornecedores no mesmo período ou depois que sua empresa receber dos clientes. Seu capital de giro agradece. Aproveite também para negociar descontos ou condições especiais de pagamento para compras em grande quantidade.

Gostou de nossas dicas sobre controle financeiro? E já que estamos falando sobre gestão empresarial, que tal ler nosso artigo sobre indicadores de desempenho? Você sabe como essas ferramentas atuam em benefício de seu negócio? Confira!

By | 2017-12-05T12:01:37+00:00 dezembro 5th, 2017|Artigos, Sem categoria, ÚLTIMAS NOTÍCIAS|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário