Assespro: STF afasta incidência de ICMS sobre Software.

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por 7 a 3 que os softwares devem ser tributados pelo ISS, tanto os chamados de prateleira, comercializados no varejo, quanto os softwares por encomenda, desenvolvidos para atender as necessidades de um cliente específico.

A decisão atende ao pedido da Federação Assespro, que representa as empresas de tecnologia, que entendia que a cobrança de ICMS, como pleiteavam os Estados, acarretaria em bitributação e encareceria o licenciamento dos softwares.

“Os empreendedores de tecnologia da informação já vivem um manicômio tributário no Brasil, no meio de guerras fiscais entre os municípios. A possível cobrança de ICMS poderia gerar um problema seríssimo de bitributação, principalmente nesse momento de muitas fusões e aquisições”, afirma Italo Nogueira, presidente da Federação Assespro.

O processo foi aberto em 2015, quando o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) decidiu que os Estados poderiam cobrar ICMS na comercialização de programas de computador. As alíquotas variam de 5% a 18%, dependendo do Estado.

Venha para a assespro-SP!

Startups, PME, grandes empresas, MEI, empreendedores, ecossistemas de inovação, coworkings, órgãos públicos, e para todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, um estado de SP, ainda + Forte e INOVADOR!

Se liga e conecte-se conosco!

*OBS: Para associar-se , o CNPJ tem que ter atividade ou subatividade relacionada com TIC, com matriz ou filial do estado de SP.

Quer saber + Informações. Solicite nosso contato AQUI!

Review assespro-SP para setor de TIC – 19/02/2021

CESIPAM constitui GT para compra de softwares 

– O Diretor-Geral do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia do Ministério da Defesa (CESIPAM/MD) divulgou, nesta quarta-feira (17), a relação nominal de Grupo de Trabalho (GT) com o objetivo de comparar os softwares Quantum Geographic Information System (QGIS) e ArcGIS e os softwares SNAP e Enviorment for Visualizing Images (ENVI/SARSCAPE), por meio de análises relativas aos pontos fracos e fortes de cada software, bem como às funcionalidades únicas de utilização de software pago, visando o uso no âmbito desse Ministério.

GECEX zera alíquota sobre bens de informática e telecomunicações

 – O Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior publicou, nesta quarta-feira (17), Resolução em que altera para zero por cento as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre os Bens de Informática e Telecomunicações dos Ex-tarifários incidentes, dentre outros,  sobre: Aparelhos para recepção e transmissão de dados de celular operando na tecnologia 5G (NCM 8517.62.62); Módulos fotovoltaicos bifaciais destinados a geração de energia (NCM 8541.40.32); e Impressoras de etiquetas e/ou rotuladores eletrônicos (NCM 8443.32.99).

Secretaria Nacional do Consumidor se reúne com ANPD para tratar de acordo para proteção de dados dos consumidores 

– A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon/MJSP) e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) estão finalizando as tratativas para firmar um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para a proteção de dados dos consumidores. A expectativa é de que o acordo seja consolidado em março. A Senacon pretende compartilhar informações coletadas sobre as reclamações de consumidores relacionadas à proteção de dados pessoais. Atualmente, existem dezenas de casos sendo investigados pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) da Senacon envolvendo vazamento de dados ou compartilhamento de dados de milhares de consumidores brasileiros. A ANPD, por sua vez, fixará as interpretações necessárias à aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) nos casos concretos.

  ITI aprova novas versões de DOC-ICPs 

– O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) publicou, nesta semana diversas Instruções Normativas para aprovar novas versões revisadas e consolidadas de: (i) Instrução Normativa ITI nº 1/2021 – Requisitos para Geração e Verificação de Assinaturas Digitais na ICP-Brasil (DOC-ICP-15.01); (ii) Instrução Normativa ITI nº 2/2021 – Perfil de Uso Geral para Assinaturas Digitais na ICP-Brasil (DOC-ICP-15.02); (iii) Instrução Normativa ITI nº 3/2021 – Requisitos das Políticas de Assinatura Digital na ICP-Brasil (DOC-ICP-15.03); e (iv) Instrução Normativa ITI nº 4/2021 – Perfil de Uso Geral de Requisitos para Geração e Verificação de Certificados de Atributos na ICP-Brasil (DOC-ICP-16.01). As medidas passam a vigorar a partir de 1º de março de 2021.

Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

Venha para a assespro-SP!

Startups, PME, grandes empresas, MEI, empreendedores, ecossistemas de inovação, coworkings, órgãos públicos, e para todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, um estado de SP, ainda + Forte e INOVADOR!

Se liga e conecte-se conosco!

*OBS: Para associar-se , o CNPJ tem que ter atividade ou subatividade relacionada com TIC, com matriz ou filial do estado de SP.

Quer saber + Informações. Solicite nosso contato AQUI!

ASSOCIADOS ASSESPRO TEM CUPONS DE DESCONTO NA DELL TECHNOLOGIES

A Federação Assespro iniciou parceria com a Dell Technologies para oferta de benefícios exclusivos aos associados de todo o país.

A Dell Technologies tem soluções completas de TI para empresa de ponta a ponta, incluindo: tecnologia, expertise e ofertas exclusivas para ajudar você a manter sua empresa trabalhando normalmente. Uma economia extra em laptops, computadores, servidores, monitores e acessórios. Acesse www.dell.com.br/assespro e confira as oportunidades. O desconto é progressivo e de acordo com o valor da compra. Procure sua regional e obtenha acesso aos cupons.

Tem alguma dúvida? Entre em contato com a consultora de atendimento:
– fabiana_sousa@dell.com – (51) 3274-8375 / Fabiana Sousa:

Associados da assespro-SP, entrem em contato conosco para dúvidas e envio dos cupons promocionais de R$ 25,00 a R$ 800,00, a depender do valor da compra. Cupons de desconto são acumulativo com promoções do site.

Ainda não é associado assespro-SP e quer saber + Informações. Solicite nosso contato AQUI!

Venha para a assespro-SP!

Startups, PME, grandes empresas, MEI, empreendedores, ecossistemas de inovação, coworkings, órgãos públicos, e para todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, um estado de SP, ainda + Forte e INOVADOR!

Se liga e conecte-se conosco!

*OBS: Para associar-se , o CNPJ tem que ter atividade ou subatividade relacionada com TIC, com matriz ou filial do estado de SP. 

Review assespro-SP para setor de TIC – 12/02/2021

SG/PR designa composição de GT para adequação à LGPD 

– A Secretaria de Governo da Presidência da República (SG/PR) divulgou, nesta segunda-feira (8), a relação nominal dos membros para compor o Grupo de Trabalho para elaboração do plano de trabalho de adequação da Secretaria de Governo da Presidência da República às disposições da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

PSOL solicita à ANPD explicações sobre o megavazamento de dados pessoais 

– A bancada do PSOL apresentou na terça-feira, 9, requerimento pedindo o comparecimento do presidente da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), Waldemar Gonçalves Ortunho Júnior, à Câmara dos Deputados para apresentar explicações sobre o megavazamento de dados pessoais que expôs 223 milhões de CPFs de brasileiros. Entre as informações vazadas e comercializadas na internet estão endereços, dados de veículos, CNPJs, imposto de renda e integrantes de benefícios assistenciais. O vazamento foi primeiro noticiado pelo site Tecnoblog há duas semanas e confirmado pelo DFNDR LAB, laboratório especializado em segurança digital da startup PSafe. O PSOL critica a postura da ANPD, órgão que deveria zelar pela proteção de dados pessoais. A ANPD se manifestou oito dias após o caso vir à tona, dizendo que está “apurando tecnicamente informações” para detectar a origem e os danos causados.

Novo diretor no LNCC/MCTI planeja enxugar custos para ampliar capacidade de pesquisas 

– O novo diretor do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), professor Fábio Borges tomou posse no final de janeiro para um mandato de quatro anos. Borges assumiu o cargo que desde 2015 era ocupado pelo professor e pesquisador Augusto César Gadelha. E os desafios do novo diretor não são poucos. Os contratos continuados, por exemplo, consomem uma parcela significativa da verba da entidade. Para se ter uma ideia só em energia elétrica, o Laboratório gasta mensalmente R$500 mil. O valor se justifica pelo fato do LNCC/MCTI abrigar vários equipamentos de computação dentre eles o supercomputador Santos Dumont, que exige muita energia tanto para operar, quanto para a refrigeração do equipamento. “A ideia é pesquisar como podemos utilizar energias renováveis para diminuir os nossos custos com a luz”, revela Borges que cita exemplos de grandes corporações multinacionais como a Microsoft que abriga um supercomputador submerso no mar e o Facebook que possui um data center no Polo Norte. Nos dois casos o que se buscou foi diminuir os custos com a refrigeração dos equipamentos que demandam muita energia.

 Prorrogada intenção de registro de preços de softwares de banco de dados 

– O Ministério da Economia prorrogou o prazo para que órgãos e entidades públicas levantem a sua demanda por softwares de banco de dados e apontem a intenção de uma eventual contratação. A manifestação da intenção de compra deve ser formalizada pela Intenção de Registro de Preços (IRP) nº 04/2021 exclusivamente no Portal de Compras do Governo Federal até 25 de fevereiro. A contratação compartilhada deve trazer uma economia de R$18,5 milhões aos cofres públicos, sendo R$2,9 milhões provenientes da diminuição dos custos processuais administrativos e R$15,6 milhões advindos dos ganhos de escala estimados com a centralização do processo. A eventual contratação prevê o fornecimento de licenças de uso dos softwares de banco de dados, incluindo a atualização e suporte.

Ministério da Economia e Sebrae vão investir R$ 44 milhões para apoiar startups 

– A Secretaria de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME) e o Sebrae anunciaram, na terça-feira (9), investimentos de R$44 milhões no InovAtiva Brasil para apoiar 15 mil startups brasileiras nos próximos anos. A meta da Sepec e do Sebrae, realizadores do InovAtiva Brasil, é tornar o país um dos três principais ecossistemas de empreendedorismo inovador do mundo. Para isso, serão oferecidos, de maneira gratuita, serviços de aceleração, oportunidades de conexão com o mercado, capacitação para empreendedores e iniciativas de desenvolvimento dos ecossistemas regionais.

Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

Já conferiu os conteúdos em nosso canal do Youtube?

Inscreva-se em nosso canal e ative o sininho para receber notificações dos novos conteúdos ACESSAR CANAL DO YOUTUBE

ASSOCIADOS assespro-SP receberam em seus e-mails informativos completo com principais noticias da semana. Destaques em Brasília. Quer receber mais informações? Faça parte do ecossistema da assespro-SP.

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Review assespro-SP para setor de TIC – 05/02/2021

O ministro Marcos Pontes se reuniu, durante a semana, com o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Luís Lamb, com o chefe do Escritório Regional de TI da Receita Federal em Curitiba, Fernando Otávio Sottomaior Müller, com os presidentes e diretores das Unidades Vinculadas ao MCTI para tratar de Projetos e Perspectivas 2021, bem como com o ministro da Saúde e Bem-Estar da Família, Ciência e Tecnologia, Ciências da Terra da Índia, Harsh Vardhan.

MCTI prorroga o prazo de envio do Formict referente ao ano-base 2019 

– A Secretaria de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (SEMPI/MCTI) prorrogou, em caráter excepcional, até 21 de fevereiro o prazo referente ao preenchimento e envio do Formulário Eletrônico sobre a Política de Propriedade Intelectual das ICTs do Brasil referente às informações do ano-base 2019

 MEC autoriza o funcionamento de Polos de Inovação 

– O Ministério da Educação (MEC) autorizou, nesta segunda-feira (1º), a promoção, pelos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia do funcionamento dos Polos de Inovação.

Ministério das Comunicações terá novo secretário de Telecomunicações

 – O ministro das Comunicações, Fábio Faria, escolheu um servidor público para ocupar o cargo de secretário de Telecomunicações da pasta. José Afonso Cosmo Júnior é funcionário da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) desde 2007 e vai acompanhar o processo de implantação do 5G no País. Também cuidará de assuntos como banda larga fixa e móvel, telefonia, fibra óptica e conexão via satélite. Currículo. José Afonso é engenheiro e ingressou na agência como especialista em regulação. Foi gerente regional em vários Estados do Nordeste, Centro-Oeste e Norte e assessor do Conselho Diretor, órgão máximo da Anatel. Ele assume a vaga que estava ocupada interinamente pelo secretário de Radiodifusão do ministério, Maximiliano Martinhão.

SETEL designa representantes de GT para elaboração de marco jurídico de SeAC 

– A Secretaria de Telecomunicações do Ministério das Comunicações (SETEL/MCOM) divulgou, nesta sexta-feira (5), a relação nominal dos representantes do Grupo de Trabalho (GT) para realizar estudos e elaborar proposta de atualização do marco jurídico referente aos Serviços de Acesso Condicionado (SeAC).

Decreto zera alíquotas PIS/Pasep e Cofins incidentes sobre a venda de softwares 

– O presidente Jair Bolsonaro emitiu, nesta segunda-feira (1º), o Decreto nº 10.615, de 29 de janeiro de 2021 que disciplina o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores, instituído pela Lei nº 11.484/2007. Neste sentido, a medida reduz a 0% as alíquotas para o PIS/Pasep e da Cofins incidentes sobre a receita bruta decorrente da venda, no mercado interno de: máquinas, aparelhos, instrumentos e equipamentos, e ferramentas computacionais (softwares), destinados às atividades de P&D. Dentre outros, incide sobre os seguintes produtos: Diodos, transistores e dispositivos semelhantes semicondutores (NCM 85.41); Circuitos integrados eletrônicos (NCM 85.42); e Displays de diodo OLED (NCM 85.41)

Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

 

Já conferiu os conteúdos em nosso canal do Youtube?

Inscreva-se em nosso canal e ative o sininho para receber notificações dos novos conteúdos ACESSAR CANAL DO YOUTUBE

ASSOCIADOS assespro-SP receberam em seus e-mails informativos completo com principais noticias da semana. Destaques em Brasília. Quer receber mais informações? Faça parte do ecossistema da assespro-SP.

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!