6 tendências que podem impulsionar o METAVERSO

Dados de uma pesquisa recente do Gartner indicam seis tendências que podem impulsionar o uso de metaverso pelas empresas. Segundo a consultoria, a adoção em larga escala das tecnologias do metaverso ainda deva levar cerca de 10 anos, mas algumas organizações já o aproveitam na integração de funcionários, capacitação de vendas, ensino superior, treinamento médico e militar e experiências de compras imersivas.

Segundo Marty Resnick, analista e vice-presidente do Gartner, essas tendências também dependem de casos de uso comprovados e resultados de negócios. E os investimentos de longo prazo é que realmente poderão gerar disrupções para a indústria.

Apesar do hype sobre o tema, o Gartner diz que a adoção de tendências e tecnologias ligadas ao metaverso ainda é incipiente. E recomenda cautela ao apostar em um metaverso específico, pois é muito cedo para determinar quais serão os ambientes viáveis a longo prazo. Riscos éticos, financeiros e reputacionais não são totalmente conhecidos, alerta.

1- Jogos: O metaverso usará tecnologias de jogos, com metodologias, ferramentas de desenvolvimento e até mesmo teorias para criar experiências de simulações de entretenimento e treinamento. 

2- Humanos Digitais: Humanos digitais são representações interativas orientadas por inteligência artificial (IA). Possuem algumas características, personalidade, conhecimento e mentalidade de um humano, e são normalmente representados como gêmeos digitais, avatares digitais, robôs humanoides ou interfaces de usuário conversacionais. Podem interpretar fala, gestos e imagens e gerar fala, tom e linguagem corporal.

3- Espaços virtuais: Um espaço virtual (ou mundo virtual) é um ambiente gerado por computador onde grupos de pessoas se reúnem usando avatares pessoais ou hologramas. Tais ambientes envolvem múltiplos sentidos e proporcionam aos participantes a capacidade de imergir e interagir.

4- Experiências compartilhadas: Uma experiência compartilhada reúne um grupo de pessoas em um espaço virtual e aplicativos imersivos.

5- Ativos tokenizados: Segundo o Gartner, ativos tokenizados oferecem novos modelos de negócios para criadores de conteúdo. A maioria usará tecnologias de token não fungíveis (NFTs). 

6- Computação espacial: Combina objetos físicos e digitais para aprimorar digitalmente ambientes reais. Isso permite que as organizações tirem mais proveito dos ativos físicos e digitais, revisitando informações digitalizadas e conteúdos “invisíveis” relacionados e ancorados a pessoas, lugares e coisas.

Confira a matéria completa.

FONTE: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

Quer receber o INFORMATIVO SEMANAL COMPLETO, com as principais notícias dos acontecimentos em Brasília?

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP? Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato

REVIEW ASSESPRO-SP DA SEMANA: 26/09 A 30/09/2022

Ø Semana passada, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, participou do evento da Agro Fórum, promovido pelo BTG Pactual, sobre 5G no agronegócio, onde destacou que atualmente existem 1,5 mil antenas e as redes estarão otimizadas a partir de novembro. O ministro também sugeriu mudanças nas pastas que geriu nos últimos dois anos para que o Brasil possa se preparar para o futuro, focando em transformação digital, abertura de uma fábrica de semicondutores e a formação de mão-de-obra qualificada.

Ø Já o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, participou da 10ª Reunião de ministros de CT&I do BRICS, onde foram apresentadas as políticas realizadas no setor de CT&I, as atividades dos grupos de trabalho temáticos do BRICS e foram trocadas informações sobre chamadas conjuntas de apoio à pesquisa. O grupo aprovou, ainda, o calendário de atividades para o ano de 2023 e a Declaração Ministerial de 2022. Na ocasião, Alvim ressaltou importância de fomentar a inovação em instrumentos como o Marco Legal das Startups; a nova lei de TICs; a Política Nacional de Inovação e a Política Nacional de Ciência e Tecnologia; e ampliar formação e qualificação de capital humano nas áreas das tecnologias habilitadoras e as ações nos setores espacial e oceânico. Alvim participou, semana passada, do evento WARM Conecta Startup Brasil, juntamente com o secretário de Empreendedorismo e Inovação (SEMPI/MCTI), José Gustavo Gontijo, o presidente da Softex Nacional, Ruben Delgado, o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet e o diretor de Empreendedorismo Inovador no MCTI, Marcos Pinto. Para o ministro, o programa gera um processo de aprendizado compartilhado por todas as startups participantes.

Ø Ainda, o ministro da Educação, Victor Godoy, reuniu-se com o Conselho Britânico, onde foram discutidas as parcerias e experiências entre os dois países, assim como a colaboração de ambas as entidades para desenvolver materiais para educação cibernética de estudantes e formação de professores da rede pública de ensino.

Ø Por fim, a diretora da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), Miriam Wimmer, realizou reunião de alinhamento sobre o evento organizado pela Asociación Latinoamericana de Privacidad (ALAP). No mesmo dia participou da apresentação da pesquisa “Privacidade e proteção de dados pessoais: perspectivas de indivíduos, empresas e organizações públicas no Brasil”, juntamente com diretor do Conselho Diretor da ANPD, Arthur Pereira Sabbat, o ministro da Educação, Milton Ribeiro. Wimmer participou, ainda, do evento “Dia da Educação Profissional e Tecnológica: Um Caminho para o Futuro” e do evento internacional promovido pela Fundação Telefônica Vivo “Enlighted Education 2021 – 4th Edition: Reinventing Education in a Digital World”.

FONTE: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

Quer receber o INFORMATIVO SEMANAL COMPLETO, com as principais notícias dos acontecimentos em Brasília?

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP? Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato

Edital / Comunicado do início do Processo Eleitoral da ASSESPRO-SP para o Biênio 2023/2024

A Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Regional de São Paulo, através de sua Diretoria, devidamente representada pelo seu Presidente, Sr. Marcelo Pascios, em consonância com o estabelecido pelo Estatuto Social da Federação Assespro e  ASSESPRO-SP (O mesmo esta disponivel em nosso site www.assespro-sp.org.br ), comunica que o prazo para inscrição das chapas deverá ser apresentada em formulário próprio (disponível em download no link  MODELO INSCRIÇÃO CHAPA ELEIÇÕES ASSESPRO-SP BIENIO 2023-2024.docx ) ou solicitar pelos emails  sp1@assesprosp.org.br e priscila@assesprosp.org.br , onde conste a qualificação completa de cada candidato por cargo.

  
A inscrição da chapa deverá ser realizada dentro do prazo previsto no edital e estatuto (Até 30/10/2022); com envio dos documentos para os endereços eletrônicos: sp1@assesprosp.org.br e priscila@assesprosp.org.br, obrigatoriamente, com confirmação de recebimento no horário comercial das 9h às 18h.  

Desta forma, a assespro-SP convoca todos os associados para participarem das eleições para gestão 2023/2024 de acordo com o cronograma abaixo:   

Inscrição de chapas: até 30 de outubro dos anos pares  

Eleição da nova diretoria de Gestão:  até 15 de dezembro, inclusive, dos anos pares 

Posse Diretoria da ASSESPRO-SP eleita: em 01 de janeiro do ano seguinte da eleição 

 “Artigo 52 

d) Na eventualidade de nenhuma “chapa” ser registrada nos termos da alínea “b” acima, a Diretoria de Gestão em exercício deverá ser reeleita por Assembleia Geral das associadas convocada para este fim, a menos que de forma diversa seja então deliberado, por maioria absoluta dos votos válidos; “

 Dúvidas sobre o processo eleitoral poderão ser enviadas para os e-mails: priscila@assesprosp.org.br  com cópia para sp1@assesprosp.org.br   
  

São Paulo 30 de setembro de 2022.  

Marcelo Pascios  

Diretor-Presidente da assespro-SP    

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP? Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato

Presidente da ASSESPRO-SP entrega e debate MANIFESTO ASSESPRO ao candidato Ciro Gomes

Reforçando ação da Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Federação Assespro), na ultima semana nosso Presidente Marcelo Pascios, esteve reunido com o candidato Ciro Gomes e outros representantes do setor, para entregar e debater o documento Manifesto Assespro.

No documento a Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Federação Assespro)  realizou diagnósticos e propostas para a área, que foram entregues aos pré-candidatos em agosto, ou seja, antes do registro definitivo das candidaturas e coligações.

Entre outras coisas, o relatório aponta que o principal desafio para os próximos anos para o setor de TI continua sendo o enorme déficit de milhares de profissionais qualificados e o risco de um apagão de mão de obra no setor. Para a Assespro, falta direcionamento estratégico e priorização de cursos nas áreas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática (STEM).

A entidade também pede um aumento da inclusão digital da população, garantindo acesso a computadores, redes de comunicação e serviços digitais. Além do aumento do volume de investimentos públicos e privados em Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI). Também pede a criação de uma estrutura (uma agência ou órgão) que atue na coordenação e construção de ações voltadas para o fomento à cultura da inovação no País.

Fonte: https://itforum.com.br/noticias

Confira o documento e + informações em https://assespro.org.br/federacao-assespro-apresenta-propostas-do-setor-de-ti-aos-presidenciaveis/

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP? Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato

Federação Assespro apresenta propostas do setor de TI aos presidenciáveis

Diante da necessidade da formulação de um plano estratégico de longo prazo com ações voltadas para a inovação e tecnologia da informação, a Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Federação Assespro – lançou um manifesto com diagnósticos e propostas para a área a serem entregues aos pré-candidatos à Presidência da República. Confira vídeo completo do presidente da Federação, Italo Nogueira, sobre o tema no canal do YouTube.

Confira o vídeo completo no YouTube.

Confira o Manifesto Completo no site da Federação

Confira também a matéria na íntegra

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP?

Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato AQUI

FINEP TEM R$ 36 MILHÕES PARA FINANCIAR 12 SOLUÇÕES DE IA PARA GOVERNO

A Escola Nacional de Administração Pública (Enap), o Ministério da Economia e a Finep, empresa pública federal vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o Ministério da Economia, lançam, nesta terça-feira (2), uma chamada pública em busca de projetos de inteligência artificial que possam ser aplicados a serviços públicos. Intitulada “Soluções de IA Poder Público – Rodada 1”, o projeto dispõe de R$ 36 milhões para apoiar 12 desafios tecnológicos de três entidades públicas: Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

As propostas devem ser submetidas por startups. Serão apoiados os melhores projetos apresentados para cada desafio tecnológico, tendo como requisito a geração de impactos positivos sobre a qualidade e o custo dos serviços públicos prestados. Os recursos de subvenção econômica (não reembolsáveis) são do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). As propostas em que haja a participação de Institutos de Ciência e Tecnologias (ICT) como parceiros poderão ser mais bem avaliadas.

A Inteligência Artificial (IA) é a tecnologia que simula, por meio de algoritmos computacionais, mecanismos avançados de cognição e suporte à decisão baseados em grandes volumes de informação. Seu funcionamento alicerça-se em outras tecnologias, como machine learning, que consiste no reconhecimento de padrões a partir da análise de grandes conjuntos de dados, permitindo a construção de resultados de forma autônoma.

Desafios que poderão ser apoiados:

  • Pela ANS: Uso de IA para análise de reclamação digital de clientes de operadoras de saúde. Problema: Mais de 70 mil documentos de respostas a reclamações de usuários foram preparados por 50 analistas no ano de 2021. Resultado esperado: atingir 75% das reclamações avaliadas por meio de análises automáticas.
  • Pela Anvisa: IA para avaliação de autorizações de funcionamento de empresas. Problema: Mais de 30 mil solicitações de autorização de funcionamento de empresas são realizadas por ano e precisam ser analisadas. Resultado esperado: redução de, pelo menos, 75% do tempo médio de conclusão dos pedidos.
  • Pelo Mapa: Uso de IA para análise de dados e documentos de certificação de pescadores. Problema: O trabalho de certificação dos produtos da pesca exige grande trabalho operacional e consulta a um grande conjunto de bases. Resultados esperados: redução do tempo de análise em 99%; automação do processo de emissão do Certificado de Acreditação de Origem Legal (CAOL) em 90%.

O valor de cada proposta varia conforme o desafio tecnológico, sendo que o maior valor é de R$3,6 milhões. Será exigida contrapartida financeira das startups conforme seu faturamento, sendo o mínimo de 1% do valor pleiteado.

As startups interessadas podem se inscrever até o dia 12 de setembro. O resultado final será divulgado no dia 9 de dezembro.

Para mais informações, confira a notícia na íntegra.

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP?

Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato AQUI

NOTA DE REPÚDIO

Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Federação Assespro) reagiu à aprovação da MP Nº 1112/2022, na última terça-feira (02), pela Câmara dos Deputados. A MP aprovada em sessão plenária institui o Programa de Aumento da Produtividade da Frota Rodoviária no País (Renovar), que será custeado com recursos que eram direcionados às pesquisas por parte das petroleiras. “Essa MP retira recursos de um setor já altamente sucateado, que é o de inovação. Especialmente em um contexto de baixa disponibilidade de recursos, defendemos a supressão do art. 12 da MPV 1112/2022 e contamos com o apoio do Congresso Nacional para evitar esse retrocesso ao setor brasileiro de tecnologia da informação”, diz Italo Nogueira, presidente da Assespro Nacional.

Confira a nota de repúdio na íntegra.

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP?

Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato AQUI

Sancionada a Lei 14.424/2022, que facilita implantação do 5G

O presidente Jair Bolsonaro sancionou sem vetos a Lei 14.424/2022 que autoriza as operadoras a instalarem infraestrutura de telecomunicações em áreas urbanas, caso o órgão competente não se manifeste sobre o pedido em 60 dias. Conhecida como “silêncio positivo”, a autorização deve facilitar a implantação das antenas 5G de internet no Brasil.imagemimagem

Na prática, a norma altera a Lei Geral das Antenas (13.116/2015), para garantir uma rapidez na oferta de infraestrutura de telefonia e internet, já que cada município dispõe de normais locais. Apesar da facilitação, as empresas não estão isentas de seguir as regras municipais de ocupação do solo.

+ Informações, consulte as matérias completas na integra:

IT Forum: Lei que facilita instalação de antenas 5G é sancionada

Convergência Digital – Agora é lei: Prefeituras têm 60 dias para liberar antenas de celular

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP?

Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato AQUI

REVIEW ASSESPRO-SP da semana: 27/06 a 01/07/22

Ø O ministro da Economia, Paulo Guedes, participou, na terça-feira (28), da abertura do Painel Telebrasil, que buscou promover fórum de debates das políticas públicas e da atuação do setor privado para ampliar a digitalização do Brasil. Na ocasião, Guedes buscou demonstrar o comprometimento da Pasta com a missão de reduzir a carga tributária do setor. Compareceu, também o ministro das Comunicações, Fábio Faria, onde destacou a importância do setor de telecom para o desenvolvimento do país durante sua apresentação remota.

Ø O ministro da Educação, Victor Godoy Veiga, reuniu-se, na segunda (27), com o presidente da Conferência Geral da UNESCO, Santiago Irazabal Mourão e com Stefania Giannini, diretora-geral adjunta da Organização para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) para Educação, sobre os preparativos da Pré-Cúpula de Transformação da Educação da UNESCO em Paris, na França. A delegação do Ministério também participou do evento, que reuniu autoridades de mais de 140 países, e debateu medidas para reverter os efeitos do COVID-19 sobre a educação e promover avanços palpáveis em temas como financiamento, formação de professores, tecnologia e segurança.

Ø Já o ministro das Comunicações, Fábio Faria, cumpriu em missão internacional na Alemanha, nesta semana, onde reuniu-se com empresários para apresentação da infraestrutura 5G e indústria 4.0. Dentre as agendas, o ministro visitou a Arena 2036 Bosch Global em Stuttgart na Alemanha, centro acadêmico de pesquisa sobre mobilidade, produção e trabalho no automobilismo, onde empresas desenvolvem projetos automotivos para digitalização de produção, 5G, inteligência artificial e big data. Ainda, o diretor do Departamento de Investimento e Inovação do MCom, Pedro Lucas Araújo, participou, nesta segunda-feira (27), da audiência pública do Senado Federal sobre conectividade nas escolas, onde destacou que garantir conectividade para escolas públicas é uma das prioridades das políticas de telecomunicações.

Ø Uma delegação, coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Subchefia de Articulação e Monitoramento da Casa Civil, reuniu-se, nesta segunda-feira (27) em Londres, com o Embaixador do Brasil em Londres, Fred Arruda. O objetivo do encontro foi a troca de conhecimentos entre os pesquisadores dos respectivos países, onde houve a realização de seminários e visitas técnicas ao Imperial College de Londres. Entre os principais assuntos debatidos, o fortalecimento e a interação científico-tecnológicas em Tecnologias Habilitadoras e a troca de experiências no processo de geração de riqueza, a partir da ciência e tecnologia. A comitiva apresentou também as iniciativas de Empreendedorismo e Inovação brasileiras nas áreas de Materiais Avançados, Nanotecnologia e Fotônica.

Ø No âmbito da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), o diretor-presidente, Ortunho Junior, participou , da cerimônia de comemoração da publicação da MPV N° 1124/2022, que transformou a ANPD em Autarquia, realizada no Ministério das Comunicações(MCom). O evento ocorreu com o intuito de comemorar e reforçar a importância da aprovação do projeto de lei. A diretora Miriam Wimmer reuniu-se, nesta terça-feira (28), com Ana Paula Bialer, membro do Conselho Nacional de Privacidade e Proteção de Dados (CNPD) para tratar de transferências internacionais de dados pessoais. Wimmer coordenou, ainda, a sessão de debates sobre Inteligência Artificial, comportamento de máquina, ética e epistemologia no Brazilian-German Frontiers of Science and Technology Symposium (BRAGFOST) – Fundação Humboldt e CAPES, realizado em Maceió no período entre quarta-feira (29) a sexta-feira (1º). Já a diretora Nairane Farias Rabelo Leitão participou do Painel Telebrasil Summit 2022, para falar sobre “O valor da privacidade e segurança no ecossistema digital”.

Na ultima sexta (1º) no Rio de Janeiro, Aconteceu a reunião do Conselho Administrativo da Federação Assespro, contou com a participação do secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTI, José Gontijo, por videoconferência, e do presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Igor Calvet. O ministro Paulo Alvim (MCTI) participou do jantar de encerramento.

FONTE: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

Marcelo Pascios (Presidente da ASSESPRO-SP) , Paulo Alvim e Maria Luiza (Presidente da ASSESPRO-RJ)

Quer receber o INFORMATIVO SEMANAL COMPLETO, com as principais notícias dos acontecimentos em Brasília?

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP? Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato

Últimos dias para participar do Censo do setor de TI

Na próxima segunda-feira, 4 de julho, encerra-se o prazo para preenchimento da sétima edição do Censo do setor de TI. Responda e nos ajude a entender, monitorar e realizar melhores ações para colaborar com o fortalecimento do setor no Brasil. Acesse https://bit.ly/3NtQUav e participe!

Para entender e monitorar o desenvolvimento do setor de TI, além de justificar os pedidos feitos aos formuladores de políticas públicas, a Federação Assespro realiza o 7⁰ Censo do Setor de TI. A coleta de dados, que se inicia agora e segue até fim de abril de 2022, é endossada por entidades internacionais, como a ALETI (Federação Iberoamericana de Entidades de TI) e a WITSA (Federação Mundial de TI), o questionário está disponível em português, espanhol e em inglês.

“A disponibilidade de dados é crucial quando as lideranças da Federação apresentam as demandas do setor em reuniões com líderes do governo. Demandas justificadas por informações encontram menos resistência”, afirma Roberto Mayer, da Assespro Nacional e coordenador da pesquisa. Mayer destaca ainda que, com os resultados de milhares de informações coletadas ao longo de anos, é possível avaliar as políticas públicas na medida em que são implementadas.

Nesta edição, a Assespro firmou uma aliança com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) para disponibilizar uma plataforma que facilitará a visualização dos resultados do Censo das empresas de TI. “Vamos transformar os dados coletados em indicadores apresentados em mapas. Será possível escolher o indicador de interesse do usuário e visualizar os dados sobre o mapa”, afirma Nathaly Cristine Leite Rocha, pesquisadora do IBICT.

Não deixe de participar! Contribua para este que é o maior e mais longo levantamento de dados do Setor de TI. O preenchimento do questionário leva quinze minutos. Formulários disponíveis em: Federação Assespro realiza Censo do Setor de TI – Assespro

Conecte-se a assespro-SP!

MEI, PME, empreendedores, startups, grandes empresas, órgãos públicos, polos tecnologicos, aceleradoras, ecossistemas de tecnologia e inovação, coworkings, todos que acreditam em um novo amanhã, um novo setor de TIC, no estado de SP, ainda + forte e inovador!

Sua organização ainda não faz parte do ecossistema da assespro-SP? Sua startup ou empresa do setor de tecnologia, matriz ou filial (SP), presente e representada no principal centro econômico, industrial e tecnológico do Brasil.

ASSOCIE-SE! Solicite nosso contato