As empresas de TI estabelecidas no Brasil estão preocupadas com os rumos anunciados pela nova diretoria do Serpro, Serviço Federal de Processamento de Dados. A estatal, de acordo com seus dirigentes, quer ampliar sua receita em 10%, em 2019 focando na prestação de serviços ao mercado privado, passando de 1,3 mil clientes para quatro mil até o final do ano.

Para o presidente da Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Assespro Nacional, Italo Nogueira “Não é razoável que um governo que prega o liberalismo aceite uma intervenção de um órgão estatal no nosso mercado. Quem quiser empreender e gerar empregos no setor de TIC será muito bem-vindo, mas com nossos recursos de impostos, nossos dados, querer concorrer com nossas empresas é inaceitável”. A Assespro, principal entidade representativa das empresas de TIC do País, com mais de dois mil associados dos mais diversos portes, divulgou hoje a seguinte nota oficial.

NOTA OFICIAL

A Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Assespro Nacional vê com preocupação o futuro do Serpro, a maior estatal de tecnologia do país, quando sua diretoria anuncia, em entrevista à imprensa, que tem em seus planos o objetivo de captar clientes no setor privado passando dos atuais 1,3 mil para 4 mil até o final do ano que vem.

O problema vem de longe. Desde 2012 quando entramos com uma ação direta de inconstitucionalidade junto ao Supremo Tribunal Federal contra a Lei 12.249/2010 que retirava a necessidade de licitação para a contratação de serviços de TI do Serpro por alguns órgãos do governo federal.

[continua]

Confira a nota completa em www.assespro.org.br

Publicações referentes em:

https://www.baguete.com.br/noticias/17/09/2019/assespro

 

 

Sua startup ou empresa é do setor de TIC, com matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada a Assespro SP? Solicite nosso contato agora!

Fale conosco

Nós queremos te ouvir, mande-nos uma mensagem.

Enviando
Conteúdo | Menu | Acessibilidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?