Dia da Consciência Negra: Assespro-SP apoia a diversidade e inclusão no setor de tecnologia da informação e comunicação

 

A Assespro-SP (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação, regional São Paulo),  promove a diversidade nas startups e empresas do setor de TIC.

 

Buscamos apoiar e unir  forças com grupos de empreendedores, entidades, startups e empresas com estes propósitos.

 

“Levando em consideração que a missão da entidade é promover o desenvolvimento da sociedade com aplicação de inovação e tecnologia, Assespro-SP entende que o setor de tecnologia é crucial para promover uma sociedade mais inclusiva e que represente a diversidade da população brasileira”, comenta Marcelo Pascios (/in/marcelopascios/), presidente da Assespro-SP.

 

“MEI, PME, startups e grandes empresas de tecnologia, estão convidadas a marcamos um bate papo e conhecerem as iniciativas, ações e oportunidades de provocar reais mudanças, participando da entidade. Construindo um setor de Tecnologia e uma sociedade mais forte, diversa e inclusiva”, afirma João Neto (/in/joaofelintopintoneto/), executivo da Assespro-SP.

 

Para saber mais informações, acesse: https://assespro-sp.org.br/

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Esta no AR o 2° vídeo da série SEGUROS! Confira no nosso canal do Youtube

Série onde vamos falar sobre os vários tipos de Seguros e seus benefícios. Associados assespro tem condições especiais e/ou descontos de até 40%.

Conheça a ASSESPRO-SP: http://www.assespro-sp.org.br/ Se sua startup ou empresa já é associada a ASSESPRO e deseja saber + sobre as condições especiais aos colaboradores e seus familiares, entre em contato conosco pelo email: querosabermais@assespro-sp.org.br

Seguro de Equipamentos, Seguro Cyber ou Cyber Risk, D&O, E&O, Responsabilidade Civil, Seguro Patrimonial / Incêndio, Vida, Saúde, Auto
e outros…

Lembramos que TODOS, colaboradores e familiares das startups e empresas associadas ou não, podem solicitar o atendimento diferenciado de um consultor, onde individualmente será identificado a demanda e o mesmo irá apresentar-lhe e/ou indicar-lhe os produtos que melhor atendam a demanda.

O solicitante sendo de uma startup / empresa associada a ASSESPRO-SP terá alem do SUPER ATENDIMENTO, condições especiais e/ou descontos de até 40% nos seguros*.

*De acordo com cada fornecedor e/ou produto.

 Acesse agora nosso CANAL DO YOUTUBE

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL E ATIVE O SININHO PARA RECEBER NOTIFICAÇÕES DOS NOVOS CONTEÚDOS!

Ou se preferir, solicite o contato do CONSULTOR ESPECIALIZADO ==>  AQUI


Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Review assespro-SP para o setor de TIC – 13/11/20

CNEN estabelece o Sistema de Gestão da Inovação

– A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), publicou, nesta quarta-feira (11), Instrução Normativa que dispõe sobre a composição e competências do SGI, bem como sobre (a) os critérios para a definição e gestão dos direitos e obrigações relacionados à propriedade intelectual; (b) transferência de tecnologia e licenciamento; (c) extensões tecnológicas; (d) prestação de serviços técnicos especializados; (e) parcerias com instituições públicas ou privadas; e (f) o orçamento da CNEN e recursos obtidos com a inovação.

Estabelece, como competências do Comitê de Inovação (CI), parte integrante do SGI da CNEN: (i) planejar anualmente as ações institucionais de capacitação de recursos humanos em empreendedorismo, gestão da inovação, transferência de tecnologia e propriedade intelectual; (ii) propor o montante de recursos orçamentários para o alcance das metas e atividades dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) e para a concessão de bolsas de estímulo à inovação no ambiente produtivo; (iii) apoiar os NIT em questões operacionais, técnicas e estratégicas, propondo soluções para as dificuldades encontradas, assim como os estudos e as estratégias relacionados à propriedade intelectual, prospecção tecnológica, inteligência competitiva, transferência de tecnologia, inovação e capacitação; e (iv) compartilhar práticas e aprendizado em gestão da propriedade intelectual, transferência de tecnologia, inovação e capacitação.

MCTI estabelece prazo de envio de formulário sobre Política de Propriedade Intelectual das ICTs

– A Portaria SEMPI/MCTI nº 4.033/2020, publicada nesta quinta-feira (12), estabelece que o preenchimento e envio do Formulário Eletrônico (Formict) sobre a Política de Propriedade Intelectual das Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT) do Brasil, referente às informações do ano-base 2019, deverá ser feito até 31 de janeiro de 2021.

Instruções Normativas do ITI aprovam revisões de DOC-ICPs

– Publicadas pela Instituto Nacional de Tecnologia da Informação da Casa Civil, nesta sexta-feira (13), as Instruções Normativas ITI nº 13/2020 e nº 14/2020, que aprovam, respectivamente: (i) a versão 2.0 do documento DOC-ICP-03.02 – Requisitos Mínimos de Segurança PSBio na ICP-Brasil; e (ii) a versão 2.0 do documento DOC-ICP-12.01 – Perfil do alvará do carimbo do tempo da ICP-Brasil.

Governo lança alerta urgente de prevenção contra ataques ao Windows Server e ao VMware

– O CTIR Gov, Centro de Tratamento e Resposta a Incidentes Cibernéticos de Governo, que faz parte do Departamento de Segurança de Informação (DSI) no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, emitiu alertas sobre a campanha de ransomware que atinge órgãos do governo de todos os níveis, e que congelou as redes do Superior Tribunal de Justiça e da Secretaria da Fazenda do Distrito Federal. O alerta foi publicado no sábado dia 07 e renovado na noite de segunda-feira, 09/11. As atualizações do órgão do governo, responsável pelo controle de ataques cibernéticos na Administração Federal, chamam a atenção para itens críticos, como atualizações e acréscimo de proteções nos mais diversos sistemas de segurança nos ambientes de internet, intranet, monitoração, servidores e backup.

MCOM estabelece as diretrizes para atuação no apoio a políticas de conectividade em banda larga

– Foi publicada nesta quarta-feira (11), no âmbito do Ministério das Comunicações, Portaria que, dentre outros, determina que o MCOM atuará para promover o acesso aos serviços de conectividade em banda larga para: (i) escolas, universidades e demais instituições de ensino indicadas pelo ME; (ii) rotas de integração nacional e arranjos produtivos objeto de políticas públicas pelo MDR; (iii) sistemas e corredores prioritários de logística indicados pelo MINFRA; (iv) hospitais, unidades de saúde familiar e demais estabelecimentos de saúde indicados pelo MS; (v) rotas e pontos turísticos indicados pelo MTur; e (vi) assentamentos e outras áreas agrícolas produtivas indicados pelo MAPA.



Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

 

Já conferiu os conteúdos em nosso canal do Youtube?

Inscreva-se em nosso canal e ative o sininho para receber notificações dos novos conteúdos ACESSAR CANAL DO YOUTUBE

ASSOCIADOS assespro-SP receberam em seus e-mails informativos completo com principais noticias da semana. Destaques em Brasília. Quer receber mais informações? Faça parte do ecossistema da assespro-SP.

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Assespro em parceria com a Bossa Nova Investimentos, lançam o Assespro Investe, com investimento de até R$ 5 milhões

Assespro e Bossa Nova Investimentos vão investir até R$ 5 milhões em 10 startups.

Uma junção de expertises para transformar investimento em lucros. Essa é a ideia da parceria entre a mais representativa entidade das empresas de Tecnologia do País, a Federação Assespro, e a Bossa Nova Investimentos, micro Venture Capital que investe em startups com atuação em todo território nacional. Eles acabam de criar um comitê para selecionar startups para receber aportes financeiros, mentoria e apresentação ao mercado global.

“Com essa parceria conseguimos juntar o melhor de cada um de nós. Por atuarmos diretamente na área de TI, com mais de 3.500 empresas associadas, percebemos os negócios que tendem a dar certo, conhecemos todas as dificuldades enfrentadas no começo e as fases de crescimento das startups”, explica Italo Nogueira, presidente da Federação Assespro, entidade associativa com sede em Brasília e que acaba de completar 44 anos de atividades.

A princípio serão investidos R$ 5 milhões em, pelo menos, 10 novas empresas de base tecnológica. A união entre Assespro e Bossa Nova vêm sendo negociada desde o ano passado.

“A Bossa Nova tem expertise em investimento e a Assespro em ajudar empresas de tecnologia. Juntar essas experiências é meio caminho andado para garantia de bons negócios e de muito sucesso para as startups”, diz  João Kepler, diretor da Bossa Nova, que foi criada em 2015  e tem em seu portfólio mais do que 500 startups.

Outro fator bastante positivo para o sucesso dos investimentos será a capilaridade que a Assespro acumulou em anos de atividades, segundo Yves Nogueira, Diretor de Capital Empreendedor da Federação e um dos membros do Comitê de Investimentos do Assespro Investe. “Estamos presentes em todas as regiões do País e isso nos ajuda a identificar oportunidades de novas e promissoras empresas em vários estados”, comenta o executivo.

Além de Yves e Italo, também estão no board, Adriano Kryuzuy, que é presidente da Assespro Paraná e Robert Jansen, Diretor de relações internacionais da Federação Assespro e o diretor da Bossa Nova, João Kepler.

Entre os itens que constam na tese do comitê estão o foco nas startups B2B/ B2B2C, inovadoras, digitais e escaláveis. Elas também devem ter mais de um ano de atuação e com produtos e serviços já validados. Já o cheque para investimento em cada startup começa a partir de R$ 100 mil.

As startups interessadas devem ser inscrever pelo site da Bossa Nova Investimentos em https://www.bossainvest.com/assespro/.

Sobre a Bossa Nova

Bossa Nova nasceu em 2015 com a junção dos portfólios de startups investidas dos investidores-anjos João Kepler e Pierre Schurmann. Pensada para preencher uma lacuna entre os aportes iniciais que as startups recebem e as rodadas de investimento que realizam quando a operação já está consolidada, a Bossa Nova busca empresas que já receberam alguma injeção de capital, mas que ainda não tenham sido alvos de novos investimentos.

Sobre a Federação Assespro

Fundada em 1976, a Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Federação Assespro, é a mais antiga entidade do setor no Brasil e uma das mais antigas no mundo. Ao longo dos seus mais de 40 anos, a entidade vem defendendo os interesses das empresas nacionais de tecnologia e inovação.

A importância da Federação Assespro é reconhecida em todos os níveis do governo, sendo membro ativo de diversos conselhos e comitês, como o Comitê da Área de Tecnologia da Informação e o Comitê Gestor da Internet do Ministério de Ciência e Tecnologia.

Hoje, a Federação Assespro comporta mais de 3.500 empresas de software e serviços de tecnologia a ela ligada por intermédio de 13 regionais, cada uma com diretoria própria, eleita democraticamente.

O universo de associados é composto de empresas privadas nacionais possuindo os maiores acervos da experiência profissional brasileira na área da tecnologia e inovação fora da tutela do Estado e das grandes corporações privadas, atendendo a um universo de clientes de médio e grande porte, como a um incontável número de micro e pequenas empresas em todo os recantos do Brasil.

 

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Review assespro-SP para o setor de TIC – 06/11/20

Ministério lança Rede Escritórios de Projetos MCTI

– O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) realizou na sexta-feira (30) o evento de Lançamento da Rede de Escritórios de Projetos em CT&I. O webinário teve por objetivo apresentar ao público a estruturação e estabelecimento da Rede de Escritório de Projetos MCTI com o objetivo de difundir boas práticas e dar visibilidade aos projetos dos órgãos e unidades vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). O evento, promovido pela Secretaria de Estruturas Financeiras e de Projetos (Sefip), teve a participação do secretário Marcelo Meirelles e do ministro do MCTI, Marcos Pontes, que destacaram a ideia de organizar as iniciativas de CT&I em forma de projetos efetivos.

CTI/MCTI prepara diagnóstico do estágio dos municípios brasileiros na transição para Cidades inteligentes

– O Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI Renato Archer), unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) está finalizando um projeto em parceria com a também vinculada do MCTI, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) um estudo que visa identificar o grau de maturidade de cada município brasileiro na transição para a transformação digital com um desenvolvimento sustentável, conceitos propostos nas chamadas, cidades inteligentes ou smart cities, em inglês. O CTI participou neste sábado (31) do Mês Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) evento organizado pelo ministério para a promoção da ciência no país.

Bate Papo Ciência e Tecnologia no Dia a Dia destaca benefícios do Marco Legal das Startups

– O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, recebeu nessa terça-feira (3), o secretário de Empreendedorismo e Inovação, Paulo Alvim, para mais uma edição do já tradicional Bate Papo Ciência e Tecnologia no Dia a Dia. O programa que é apresentado ao vivo todas as terças-feiras às 19h30 teve como tema dessa última edição, o Marco Legal das Startups. A proposta foi elaborada em conjunto entre os ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e da Economia (ME) em parceria com diversos atores dos setores público e privada por meio de consulta pública. A proposta que visa dar maior segurança jurídica aos empresários e investidores e desburocratizar o setor foi enviada ao Congresso no final de outubro e agora aguarda ser colocada em pauta para votação. “O Marco Legal das Startups representa uma mudança muito grande da estrutura de leis aqui no país. Queremos ajudar essas jovens empresas inovadoras a decolarem, a passarem da situação mais crítica”, afirmou o ministro.

STJ convoca fornecedores e Centro de Defesa Cibernética para reestabelecer TI

– Em nota oficial, o Superior Tribunal de Justiça relata que convocou fornecedores, entre eles, a Microsoft, para ajudar no reestabelecimento dos sistemas de informática atingidos pelo ataque hacker, que suspendeu as atividades da Corte por uma semana. O Centro de Defesa Cibernética do Exército Brasileiro também está participando da força-tarefa para recolocar o STJ em funcionamento. No comunicado, o presidente do STJ, Henrique Martins, nega que a corte tenha perdido dados dos backups no ataque hacker. Admite que as informações foram criptografadas, mas assegura que o backup está preservado e que ‘permanecem íntegras as informações referentes aos processos judiciais, contas de e-mails e contratos administrativos, mantendo-se inalterados os compromissos financeiros do tribunal’. O STJ prevê retomar suas atividades na Internet no dia 10 de novembro.

Designados novos membros da Conitec 

– O Ministério da Saúde publicou a Portaria MS nº 3.002/2020 que altera os membros representantes que compõem o Plenário da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), dentre outros, no âmbito da Pasta: Raphael Câmara Medeiros Parente (Titular); Alexandre Borges Fortes (Primeiro Suplente); e Antônio Rodrigues Braga Neto (Segundo Suplente).

Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

 

Já conferiu os conteúdos em nosso canal do Youtube?

Inscreva-se em nosso canal e ative o sininho para receber notificações dos novos conteúdos ACESSAR CANAL DO YOUTUBE

ASSOCIADOS assespro-SP receberam em seus e-mails informativos completo com principais noticias da semana. Destaques em Brasília. Quer receber mais informações? Faça parte do ecossistema da assespro-SP.

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Prorrogada até amanhã 06/11, a Pesquisa sobre Reforma Tributária e acesso à créditos.

Ainda não respondeu nossa pesquisa. Você tem até amanhã, dia 6 de novembro. Não deixe de participar e contribuir com a construção do documento que será entregue ao legislativo e executivo com a nossa posição sobre os temas.

Você está sendo convidado para participar da Pesquisa de Sondagem do Setor de Tecnologia da Informação realizada pela Assespro Nacional em parceria com a Foco Consultoria.

A sua participação neste estudo é completamente voluntária. Todos os procedimentos relativos à realização da entrevista estão de acordo com as normativas em vigor, no que se aplica, com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), e com as normas de pesquisas com seres humanos emanadas da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep).

As respostas não serão divulgadas de forma individualizada, nem tampouco será possível identificar o respondente individual quando da divulgação dos resultados. Não há, portanto, qualquer risco associado à sua participação.

Acesse aqui para iniciar a pesquisa ASSESPRO

 

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro à prorrogação, até 2021, da desoneração da folha

Os senadores aprovaram nesta quarta-feira (4), por 64 votos a 2, a derrubada do veto do presidente Jair Bolsonaro à prorrogação, até 2021, da desoneração da folha de pagamentos de empresas de 17 setores da economia.

Mais cedo, nesta quarta, a Câmara dos Deputados também rejeitou o veto e, com a decisão do Senado, o Congresso Nacional derrubou o veto do presidente. Agora, a prorrogação será promulgada.

Bolsonaro vetou em julho o dispositivo (introduzido pelo Congresso em uma medida provisória) que prorrogava até o fim de 2021 a desoneração da folha de empresas de setores como call center, comunicação, tecnologia da informação, transporte, construção civil e têxtil.

Grande vitória da Assespro e de vários outros setores.

Carta aberta ao Presidente da República @jairmessiasbolsonaro em agradecimento pelo acordo para prorrogar a desoneração da folha de pagamentos.

 

 

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Review assespro-SP para o setor de TIC – 30/10/20

Ministério vai usar ciência de dados e IA em portfólio de produtos financeiros

– A Secretaria de Estruturas Financeiras e de Projetos (SEFIP) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) iniciou esta semana o Grupo de Trabalho em Ciência de Dados, que atuará no aprimoramento das atividades de atualização do Portfolio Produtos Financeiros e também na ampliação das informações nele contidas. A intenção é realizar um trabalho com Ciência de Dados e Inteligência Artificial (IA) para automatizar os processos de coleta, classificação e recomendação de fontes de financiamento. O GT conta com participantes do Departamento de Estruturas para Viabilização Financeira de Projetos (DECFI) e do Departamento de Estruturas de Projetos em Ciência, Tecnologia e Inovação (DEPRO).

Em evento, coordenadora do MCTI destaca necessidade de transformação digital das cidades

– As ações para o fomento das cidades inteligentes devem ser intensificadas no Brasil em 2021, segundo informou a coordenadora-geral de transformação digital do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Eliana Cardoso Emediato, durante evento online com gestores públicos mineiros da Região de Juiz de Fora, promovido pela Rede Cidade Digital, na terça-feira (27). Segundo a organização, cerca de 50 prefeituras estiveram representadas no encontro virtual que tratou do uso de tecnologia para maior eficiência dos serviços públicos. Para o diretor da RCD, José Marinho, não será mais possível administrar uma cidade sem o uso das tecnologias da informação e comunicação. Foi a primeira vez que o MCTI participou dos eventos da RCD. Atualmente em consulta pública, a Carta Brasileira sobre Cidades Inteligentes deve trazer, segundo a coordenadora de transformação digital, diretrizes que possam nortear o investimento tecnológico nas cidades.

MCTI e Embrapii lançam a maior rede de Inovação em Inteligência Artificial do País

– Para potencializar a capacidade produtiva e a competitividade das empresas brasileiras, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), organização vinculada ao MCTI, se uniram e criaram a Rede MCTI/Embrapii de Inovação em Inteligência Artificial, a maior de todo o país na área. A proposta é incentivar o uso de tecnologias de fronteira no processo produtivo da indústria nacional, oferendo um ecossistema de inovação com competências tecnológicas complementares, que contará com recursos não reembolsáveis e centros de pesquisas com infraestrutura e profissionais qualificados para apoiar a indústria a inovar, as chamadas Unidades EMBRAPII.

Instruções Normativas aprovam versões revisadas de DOC-ICP 

– O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação da Casa Civil publicou, no Diário Oficial da União -DOU desta segunda-feira (26), as Instruções Normativas ITI nº 10/2020, que aprova a versão 4.0 do DOC-ICP-03.01, que dispõe sobre as Características Mínimas de Segurança para as AR da ICP-Brasil; e nº 11/2020, que consolida os atos normativos que instituíram e normatizaram o Cadastro de Agentes de Registro – CAR da ICP-Brasil, respectivamente. As medidas passam a vigorar a partir de 3 de novembro. Ainda, na terça-feira (27), foi publicada a Instrução Normativa ITI nº 12/2020 que aprova a versão 3.0 do documento DOC-ICP-05.02, que dispõe sobre os procedimentos para identificação do requerente e comunicação de irregularidades no processo de emissão de um certificado digital ICP-Brasil.

Em evento da ONU, MDR debate construção da Carta Brasileira sobre Cidades Inteligentes

 – Técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) participaram na terça-feira (27) de um debate sobre o processo de construção da Carta Brasileira de Cidades Inteligentes. Na semana passada, a Pasta abriu consulta pública sobre os objetivos estratégicos e recomendações que integram o documento. A participação é aberta a toda a sociedade e poderá ser feita até 7 de novembro por meio da Plataforma Participa + Brasil. “A construção da Carta é um processo em construção. O que podemos esperar é que seja um documento ainda mais rico, pois abrimos espaço para contribuições de todos os setores envolvidos. Vamos avaliar essas sugestões que estão sendo enviadas e inserir o que considerarmos que está alinhado com o que vem sendo construído”, destacou a coordenadora-geral de Apoio à Gestão Regional e Urbana do MDR, Laís Andrade.

Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

 

Já conferiu os conteúdos em nosso canal do Youtube?

Inscreva-se em nosso canal e ative o sininho para receber notificações dos novos conteúdos ACESSAR CANAL DO YOUTUBE

ASSOCIADOS assespro-SP receberam em seus e-mails informativos completo com principais noticias da semana. Destaques em Brasília. Quer receber mais informações? Faça parte do ecossistema da assespro-SP.

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Assespro-SP inicia série sobre SEGUROS em sua mídias sociais.

Como forma de apresentar aos seus associados e a sociedade em geral os SEGUROS que hoje existem no mercado a assespro-SP, convidou a consultora Fernanda Ramires, da JRF, corretora parceira da assespro-SP no atendimento exclusivo e diferenciado aos seus associados para apresentar os seguros mais usados para as startups e empresas, seja de TIC ou de qualquer outro segmento.

Seguro de Equipamentos, Seguro Cyber ou Cyber Risk, D&O, E&O, Responsabilidade Civil, Seguro Patrimonial / Incêndio, Vida, Saúde, Auto
e outros…

Lembramos que TODOS, colaboradores e familiares das startups e empresas associadas ou não, podem solicitar o atendimento diferenciado de um consultor, onde individualmente será identificado a demanda e o mesmo irá apresentar-lhe e/ou indicar-lhe os produtos que melhor atendam a demanda.

O solicitante sendo de uma startup / empresa associada a ASSESPRO-SP terá alem do SUPER ATENDIMENTO, condições especiais e/ou descontos de até 40% nos seguros*.

*De acordo com cada fornecedor e/ou produto.

 Acesse agora nosso CANAL DO YOUTUBE

Ou se preferir, solicite o contato do CONSULTOR ESPECIALIZADO AQUI


Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Assespro realiza Pesquisa de Sondagem do Setor de TI sobre Reforma Tributária e Acesso à Crédito

Até o próximo dia 31 de outubro estará disponível  para participação a Pesquisa de Sondagem do Setor de TI realizada pela Assespro Nacional em parceria com a Foco Consultoria. O objetivo é capturar a opinião e as percepções dos empresários do Setor de TI em relação às políticas públicas de crédito implementadas pelo Governo Federal no âmbito do combate aos efeitos da pandemia. A pesquisa também irá abordar questões relativas à tributação do Setor e as propostas de Reforma Tributária atualmente em debate no Legislativo.

 

“A reforma tributária, se não for bem conduzida, pode trazer uma grande carga de impostos para o setor de serviços e TIC. Muitas de nossas empresas têm uma dificuldade muito grande no acesso aos créditos do sistema financeiro para ajudar na manutenção ou desenvolvimento dos negócios por não poderem oferecer, facilmente, garantias reais. É questão crucial para o setor. Por isso, esperamos que todos possam colaborar preenchendo o questionário. Vai nos ajudar a formular o documento a ser enviado ao executivo e legislativo”, diz Italo Nogueira, presidente da Federação Assespro.

A participação de todos, especialmente do associado Assespro, neste estudo é completamente voluntária. Todos os procedimentos relativos à realização da entrevista estão de acordo com as normativas em vigor, no que se aplica, com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), e com as normas de pesquisas com seres humanos emanadas da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep). As respostas não serão divulgadas de forma individualizada, nem tampouco será possível identificar o respondente individual quando da divulgação dos resultados. Não há, portanto, qualquer risco associado à participação. Caso tenha qualquer dúvida sobre o questionário, sobre os procedimentos adotados em qualquer das fases da pesquisa ou sobre os resultados, por favor entre em contato com o Economista André Ferro (coordenador da pesquisa) pelo e-mail projetos@prometeus.pro.br.

 

O tempo estimado para conclusão do questionário é de 15 a 20 minutos.

E pode ser acessada a partir do link Acesse aqui para iniciar a pesquisa ASSESPRO

 

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI