Review assespro-SP para o setor de TIC – 16/10/20

Decreto prevê benefícios fiscais às empresas de TIC na ZFM 

– Pelo Decreto nº 10.521, de 15 de outubro de 2020, publicado nesta sexta-feira (16), fica concedido benefícios fiscais às empresas que produzem bens e serviços do setor de TIC na Zona Franca de Manaus e que investem em atividades de PD&I na região. Dentre outros, estabelece que as empresas que investem em atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação na Amazônia Ocidental e no Estado do Amapá poderão pleitear isenção do IPI e redução do Imposto sobre Importação (II) para bens e serviços de tecnologia da informação e comunicação. A medida passa a vigorar a partir de 23 de outubro.

Presidente indica representantes para compor a Autoridade Nacional de Proteção de Dados

 – Foram encaminhadas Mensagens do Presidente da República com as indicações dos nomes para a composição do Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), prevista pela Lei nº 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados). A Comissão de Infraestrutura do Senado já marcou para a próxima segunda (19), a sabatina dos indicados para compor o conselho diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados.

Empresas de tecnologia sugerem cinco nomes para o comando da Autoridade de Dados

– As empresas de tecnologia, representadas no Brasil pela Brasscom, enviaram para o ministro da Casa Civil, Braga Netto, uma carta com a sugestão de cinco nomes para compor o conselho diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANDP). A lista reúne técnicos especializados na área de proteção de dados que integram o próprio governo, dos quadros do Ministérios das Comunicações e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência (GSI), do Tribunal de Contas da União (TCU), além de advogados com experiência acadêmica. A Brasscom, além de reunir empresas brasileiras do setor de tecnologia, representa no Brasil multinacionais como Microsoft, IBM, Amazon, Facebook, Apple, Uber e Airbnb. Não apenas o mercado de TICs, mas analistas do meio jurídico defendem a criação da nova autarquia, que depende da nomeação da diretoria, como a forma mais adequada para garantir o cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrou em vigor no mês passado.

Ministério quer tecnologia sustentável para pequeno produtor

– O Ministério da Agricultura pretende ampliar a assistência técnica e reduzir a burocracia no acesso ao crédito do programa ABC para ampliar a adoção das tecnologias no campo. Os gargalos, apontados por quem tenta investir nas práticas de baixo carbono abarcadas pelo programa, estão sendo considerados pelo governo dentro de um dos objetivos para os próximos 10 anos do plano, que é fazer os pequenos produtores adotarem técnicas sustentáveis e adaptadas ao clima. Apesar do objetivo, não existe uma ação específica para o tema porque a assistência técnica é tratada como assunto transversal dentro da Pasta. O tema também está no foco da ministra Tereza Cristina, com mudanças feitas na Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) e a criação dos programas Ater Digital e do Agronordeste, que atende os agricultores da região mais carente do país em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Já a desburocratização do acesso aos financiamentos e a abertura de outras fontes fazem parte da rotina da equipe de política agrícola, conforme o ministério.

MCTI atualiza os requisitos para prorrogação automática de credenciamento em PD&I

– O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) publicou nesta quinta-feira (15) a Resolução SEMPI/MCTI nº 65/2020, que altera os critérios para credenciamento de instituições habilitadas à execução de atividades de PD&I, para dispor sobre a prorrogação automática das resoluções de credenciamento. A nova medida condiciona a renovação automática, pelo prazo de 2 anos, à comprovação da realização de convênios ou programas e projetos de interesse nacional nas áreas de TIC consideradas prioritárias pelo Comitê da Área de Tecnologia da Informação (CATI), como previsto pela Lei nº 8.248/1991.

O MCTI irá disponibilizar novo formulário para prestação de informação a respeito de propriedade intelectual 

– Foi publicada, no Diário Oficial da União (DOU) de sexta-feira (16), a Portaria MCTI nº 3.859/2020 que, dentre outros determina que as informações anuais a serem prestadas por Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICT), relativas à (i) política de propriedade intelectual da instituição; (ii) criações desenvolvidas no âmbito da instituição; (iii) proteções requeridas e concedidas; (iv) contratos de licenciamento ou de transferência de tecnologia celebrados; (v) ambientes promotores da inovação existentes; e (vi) outras informações que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações considerar pertinentes, deverão ser prestadas exclusivamente mediante preenchimento de formulário eletrônico sobre a Política de Propriedade Intelectual das ICT do Brasil, anualmente, até 31 de março do ano subsequente ao ano-base a que se referem.

Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

 

Já conferiu em nosso canal do Youtube os conteúdos dos eventos passados:

  • Future Cyber – Forum LGPD – Ferramentas de Monitoramento e Gestão – 2° Edição
  • 3° Webnair Mackezie e assespro-SP: Cultura Data Driven, você utiliza em seu negócio para potencializar os resultados?
    ACESSE AQUI

ASSOCIADOS  ASSESPRO-SP receberam em seus e-mails informativos completo com principais noticias da semana. Destaques em Brasília. Quer receber mais informações? Faça parte do ecossistema da assespro-SP!

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Assespro defende participação de entidades de tecnologia em Conselho da ANPD

Após a sua constituição e operacionalização, a ANPD deverá escolher 23 membros adicionais que vão compor o Conselho de Proteção de Dados Pessoais

A Federação Assespro considera positiva a indicação dos membros do Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD, que será responsável por regulamentar, construir e fiscalizar a aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD.

Os indicados deverão passar por sabatina e aprovação do Senado. Após a sua constituição e operacionalização, a ANPD deverá escolher 23 membros adicionais que vão compor o Conselho de Proteção de Dados Pessoais.

Representante de 2.500 empresas do setor de TI, a entidade defende ainda que a indicação dos representantes da sociedade civil para o Conselho Nacional de Proteção de Dados priorize a competência técnica. “É importante ter nomes que realmente conheçam o tema e possam ajudar bastante governo e a sociedade no desenvolvimento e na implantação desta lei”, afirma Italo Nogueira, presidente da Assespro Nacional.

Somente com o seu quadro de membros completos, a ANPD poderá formular consultas e editar suas normas e orientações. A LGPD entrou em vigor em setembro, mas as punições e multas previstas só serão aplicadas a partir de agosto de 2021.

Para a Assespro, a LGPD representa um avanço e segue uma tendência mundial como a GPDR, a Lei de Proteção de Dados Europeia. “Acreditamos que tanto as startups como as empresas maduras de TI tendem a ganhar, assim como a sociedade”, afirma Italo.

Serviço:  https://assespro.org.br/

 

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Review assespro-SP para o setor de TIC – 09/10/20

MCTI institui Comissão de Seleção de propostas ao Programa Centelha

 – O Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) instituiu, por meio da Portaria MCTI nº 3.810/2020, a Comissão de Seleção das propostas submetidas em atendimento ao Edital MCTI nº 144/2020, visando à seleção de organização da sociedade civil interessada em celebrar termo de colaboração com o MCTI para o projeto de suporte à implementação do Programa Centelha e designar, para compor a Comissão de Seleção, representantes, titulares e suplentes. O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Brasil. O programa irá oferecer capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso.

Portaria do MCTI define os critérios para elegibilidade e cômputo com despesas em pesquisa e desenvolvimento 

– Foi publicada, do Diário Oficial da União (DOU) de sexta-feira (9), a Portaria MCTI nº 3.825/2020, que estabelece os termos, as condições, a forma de prestação de informações para elegibilidade e cômputo e o processo de análise dos dispêndios em pesquisa e desenvolvimento de que trata o Decreto nº 9.557, de 8 de novembro de 2018 (Programa Rota 2030 – Mobilidade e Logística), e dispõe sobre a designação de especialistas para atividades de natureza consultiva acerca dos referidos dispêndios.

Dentre estes, estão elegíveis aqueles projetos de pesquisa que : (i) contemplem atividades voltadas ao desenvolvimento de um novo conhecimento, indisponível no segmento da empresa, significando incremento tecnológico para a organização; (ii) contemplem risco tecnológico; (iii) destinados à criação ou ampliação das condições necessárias ao funcionamento de um centro de desenvolvimento, como: (a) instalações físicas, equipamentos e softwares para laboratórios, centros de pesquisa aplicada e pista de testes; e (b) tecnologias de suporte que permitam a plena operação das atividades do centro de desenvolvimento; (iv) contemplem incerteza tecnológica no desenvolvimento ou melhoria de produtos, processos, ou meios de produção da manufatura de produtos e da fase conceitual até a aceleração e o cadenciamento da produção; e (v) contemplem incerteza tecnológica quanto à integração e a interação entre os diversos níveis de equipamentos, sistemas ou etapas produtivas no processo de manufatura, visando melhorias de qualidade, produtividade e redução de custos.

Ministro participa de mesa redonda do Conselho Empresarial para Entendimento Internacional (BCIU) 

– O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, participou na quarta-feira (7) de uma mesa redonda virtual promovida pelo Conselho Empresarial para Entendimento Internacional (BCIU, na sigla em inglês) como orador convidado. Intitulado Investing in Infrastructure to Bridge the Digital Divide in the Wake of COVID-19, o painel virtual discutiu como o setor público pode fomentar o investimento do setor privado em infraestrutura de conectividade digital e abordar os setores, mercados e formas das empresas participarem na construção de um mundo industrializado mais inclusivo. Em sua fala, o titular do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) agradeceu a oportunidade de falar sobre a importância da conectividade durante a pandemia de Covid-19 e destacou o contraste na infraestrutura entre as diferentes regiões de um país tão grande como o Brasil. O ministro apresentou as ações do MCTI no combate aos impactos da pandemia, como os ensaios clínicos com a nitazoxanida.

MCTI/FINEP: edital de Tecnologia Assistiva demanda R$ 152 milhões

– O Na terça-feira (6), encerrou-se o prazo para submissão de propostas do edital de Tecnologia Assistiva, com recursos (R$ 40 milhões) não-reembolsáveis para Subvenção Econômica e cooperação ICT-Empresa. O edital foi lançado pela Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), empresa pública do MCTI, em parceria com os ministérios da Saúde (MS), da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMDFH). A demanda foi cerca de quatro vezes o valor disponibilizado (quase R$ 152 milhões, com 102 projetos e 163 instituições mobilizadas), o que denota a força da iniciativa e do tema. O objetivo da chamada é fomentar a pesquisa, o desenvolvimento tecnológico e a inovação em projetos que envolvam risco tecnológico e/ou contribuam com ações inovadoras para o SUS. Com isso, espera-se promover a independência, autonomia, inclusão social e melhoria da qualidade de vida de idosos e de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Delegação Brasileira, coordenada pelo MCTI, participa do 2º Encontro do GT em Nanotecnologia e Ciência dos Materiais dos BRICS

– Foi realizado, nos dias 1º e 2 de outubro, no formato de webconferência, o 2º Encontro do Grupo de Trabalho em Nanotecnologia e Ciência dos Materiais do BRICS (BRICS Working Group of Material Science and Nanotechnologies). A reunião foi organizada pelo Ministério de Ciência e Tecnologia da Índia e contou com representantes do governo e da academia da Rússia, China, África do Sul e Brasil. O grupo deu continuidade às discussões sobre as iniciativas propostas no Plano de Trabalho de Ciência, Tecnologia e Inovação dos BRICS (2019-2022), tendo como pauta principal a conclusão do texto dos Termos de Referência (TdR) do Grupo de Trabalho e da proposta de criação de um Centro Virtual de Ciência de Materiais e Nanotecnologia do BRICS.

Programa Ater Digital é lançado para levar mais tecnologia ao campo 

– Foi lançado, nesta quinta-feira (8), o Ater Digital, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A iniciativa vai oferecer novas ferramentas de assistência técnica digital aos agricultores. Na prática, o programa foi criado para trazer serviços mais modernos ao setor, por meio de Tecnologias da Informação e Comunicação; garantir agilidade e acesso mais rápido aos conhecimentos sobre produção agrícola, pesquisas de extensão rural e assistência técnica; e incentivar a produtividade e competitividade da agricultura brasileira. Para isso, o Ministério da Agricultura vai destinar, num primeiro momento, R$ 40 milhões. Segundo a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, o Ater Digital vai ajudar o Governo Federal a levar políticas públicas ao pequeno produtor.

Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

Já conferiu em nosso canal do youtube os conteúdos dos eventos passados:

  • Future Cyber – Forum LGPD – Ferramentas de Monitoramento e Gestão – 2° Edição
  • 3° Webnair Mackezie e assespro-SP: Cultura Data Driven, você utiliza em seu negócio para potencializar os resultados?
    ACESSE AQUI

ASSOCIADOS  ASSESPRO-SP receberam em seus e-mails informativos completo com principais noticias da semana. Destaques em Brasília. Quer receber mais informações? Faça parte do ecossistema da assespro-SP!

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

Saiu na mídia… Clipping… assespro … assespro-SP…

A entidade fomentando inovação, conteúdo, conexão, tecnologia, educação, empreendedorismo, colaboração, desenvolvimento, aceleração… para startups, PME, grandes empresas e sociedade em geral.

Faça parte do ecossistema da assespro-SP!

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!  
Solicite nosso contato AQUI

Saiu na mídia…

06/10/20 – Channel360 – HUB ITI assespro-SP, um ecossistema para startups e empresas de T.I.

29/09/20 – Revista Tecnologia 360 – HUB ITI assespro-SP nasce como um ecossistema voltado a startups e empresas do setor de Tecnologia da Informação

25/09/20 – Jornal Empresas e Negócios – Ecossistema voltado a startups e empresas do setor de Tecnologia da Informação

21/09/20 – IP news – LGPD: ASSESPRO-SP nomeia Adriano Mendes como DPO e responsável pela Proteção de Dados Pessoais

18/09/20 – Portal ERP – Assespro-SP nomeia DPO

18/09/20 – Olhar Digital – Parceria entre ITI e Assespro cria espaço para startups em SP

16/09/20 – CryptoID – HUB ITI assespro-SP nasce como um ecossistema voltado a startups e empresas do setor de Tecnologia da Informação

15/09/20 – PontoISP – ITI e Assespro-SP lançam hub de inovação

15/09/20 – Portal ERP – A assespro-SP (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Regional de São Paulo) fecha parceria com ITI – Instituto Tecnológico Inovação

07/08/20 – Crypto ID – Assespro e mais 20 Entidades pedem criação da ANPD e adiamento da entrada em vigor da LGPD

02/07/20 – Tele.Sintese – ASSESPRO critica Estratégia Digital Brasileira

19/06/20 – Privacy Tech – Novo normal: Assespro-SP mira no futuro e na retomada segura das atividades no estado de São Paulo

18/06/20 – Infor Channel – Nota da Assespro-SP sobre PL que obriga testes de Covid por empresas

18/06/20 – Segs – Novo normal: Assespro-SP mira o futuro e trabalha na orientação e apoio aos associados para a retomada segura das atividades no estado

18/06/20 – Convergência Digital – Assespro-SP reage à obrigação de testes da Covid-19 em empresas com mais de 100 funcionários

20/05/20 – Tele.Sintese – ASSESPRO aponta que Lei de dados pessoais vai proteger ELEIÇÕES

12/02/20 – REDE BRASIL ATUAL – Sistema de reconhecimento facial do Metrô paulista viola direitos dos passageiros, diz especialista

10/10/18 – Canaltech – Multa de R$ 50 milhões será aplicada às empresas que não se adequarem à LGPD

19/02/18 – COMPUTERWORLD – Assespro-SP e IIC do Brasil criam Comitê de Inteligência Cibernética

Reunião de Diretoria da assespro-SP nesta terça 13/10/20. Necessário realizar inscrição prévia.

A  ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – REGIONAL DE SÃO PAULO
( ASSESPRO-SP )

CNPJ/MF nº 49.728.744/ 0001-16

REUNIÃO DE DIRETORIA – OUT 2020

O Presidente da a ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – REGIONAL DE SÃO PAULO convida os (as) representantes das empresas Associadas a participarem da REUNIÃO DE DIRETORIA, a ser realizada em 13 de Outubro de 2020 (Terça-feira), às 09:00h, no HUB ITI assespro-SP.

PAUTA :
• Feedback da Prestação de contas da gestão anterior e posição atual;
• Novo HUB ITI assespro-SP;
• Apresentação dos novos Diretores Adjuntos;
• Eleições para Gestão 2021/2022;
• Outros interesses;

*OBS: Devido as orientações em combate ao COVID-19, as confirmações deverão ser realizadas EXCLUSIVAMENTE via SYMPLA, Clique aqui para acessar.

Até SEXTA 09/10/20 ás 16h. ACESSO EXCLUSIVAMENTE AOS INSCRITOS. 

São Paulo, 06 de outubro de 2020.

MARCELO PASCIOS
Presidente da assespro-SP

Review assespro-SP para o setor de TIC – 02/10/20

MCTI designa representantes do Comitê Consultivo de Nanotecnologia e Novos Materiais

– A Portaria MCTI nº 3.717/2020, publicada no Diário Oficial da União – DOU de segunda-feira (28), traz a relação nominal dos membros e seus respectivos suplentes para o Comitê Consultivo de Nanotecnologia e Novos Materiais (CCNANOMAT). Dentre outros, comporão o Comitê representantes do MCTI, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e de organizações da sociedade civil, entidades de classes ou similares.

ITI promete para outubro a regulamentação do certificado digital remoto

– O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) festejou a sanção da Lei 14.063/20, que traz mudanças importantes no uso do certificado digital no Brasil, e informou que com as novas regras a regulamentação da emissão das assinaturas digitais de forma remota será regulamentada rapidamente. Para o ITI, destaque deve ser dado à nova redação do artigo 7º da Medida Provisória nº 2.200-2, de 2001, que amplia a emissão para além da forma presencial “por outra forma que garanta nível de segurança equivalente, observadas as normas técnicas da ICP-Brasil”. Para o presidente-executivo da Associação das Autoridades de Registro do Brasil (AARB) Edmar Araújo, a sanção da Lei 14.063/2020 respeita os diferentes tipos de transação possíveis na rede mundial de computadores, reservando a maior parte das operações digitais para assinaturas eletrônicas simples e avançadas.

BNDES lança nova linha para financiamento de serviços tecnológicos

– O diretor de Participações, Mercado de Capitais e Crédito Indireto do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Bruno Laskowsky, lançou na terça-feira (29) a nova linha BNDES Crédito e Serviços 4.0, que vai financiar serviços tecnológicos avançados e os chamados intangíveis, em especial voltados para a pequena e média empresa. A nova linha visa a modernização das empresas, estimulando a transformação digital e adoção de tecnologias 4.0. O financiamento é destinado a empresas, produtores rurais e ao setor público, e operacionalizado por meio de crédito indireto automático. O gerente de Clientes do BNDES, Gabriel Aidar, explicou que o objetivo é preparar as empresas para a implantação da manufatura avançada e viabilizar a implantação de soluções de cidades inteligentes.

Projeto determina que dados pessoais de brasileiros sejam armazenados no território 

– O Projeto de Lei 4723/20 determina que os dados pessoais dos brasileiros sejam armazenados e mantidos fisicamente em repositório situado em território nacional. O texto em análise na Câmara dos Deputados acrescenta a medida à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrou em vigor em 18 de setembro.

Mês Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovações 

– Foi publicada, nessa terça-feira (29), o Decreto nº 10.497, de 28 de setembro de 2020, que institui o Mês de conscientização a ser comemorado no mês de outubro de cada ano, tendo como finalidades: I – mobilizar a população, em especial as crianças e os jovens, em torno de temas e atividades relacionados com ciência, tecnologia e inovações, com o intuito de valorizar a criatividade, o desenvolvimento científico e a inovação; e II – apresentar a produção de conhecimento e de riqueza, relacionada com a melhoria da qualidade de vida da população, de modo a permitir o debate dos resultados, da relevância e dos impactos das pesquisas científico-tecnológicas, especialmente as realizadas no País, e de suas aplicações.

Fonte: Foco Assessoria e Consultoria Ltda.

Já conferiu em nosso canal do youtube os conteúdos dos eventos passados:

  • Future Cyber – Forum LGPD – Ferramentas de Monitoramento e Gestão – 2° Edição
  • 3° Webnair Mackezie e assespro-SP: Cultura Data Driven, você utiliza em seu negócio para potencializar os resultados?
    ACESSE AQUI

ASSOCIADOS  ASSESPRO-SP receberam em seus e-mails informativos completo com principais noticias da semana. Destaques em Brasília. Quer receber mais informações? Faça parte do ecossistema da assespro-SP!

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI

HUB ITI assespro-SP tem destaque na mídia! Inscreva-se para ser 1 dos 14 residentes.

Desde seu lançamento o HUB ITI assespro-SP tem tido destaque em vários canais da mídia. O espaço é muito mais que um coworking… 

O Hub ITI assespro-SP é o resultado de parceria do  Instituto Tecnológico Inovação (ITI) e a Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação – Regional de São Paulo (assespro-SP).

O mercado de startups no Brasil vem se tornando cada vez mais pujante. Entre 2015 e 2019, o número de empresas de inovação tecnológica no país quase triplicou, saindo de cerca 4500 startups para 12 727 empresas. Ainda que seja um crescimento significativo, o número total deixa claro que o mercado brasileiro tem potencial para desenvolver e diversificar sua atuação na tecnologia.

E no cenário nacional, São Paulo se destaca como centro de desenvolvimento dessas empresas. Isto atrai empreendedores de todo o país para a cidade, o que já diversifica e enriquece, naturalmente, a convivência entre as startups.

O HUB ITI assespro-SP oferecerá às startups residentes uma mentoria, com profissionais com experiência na criação e lançamento de negócios do setor de TIC, onde compartilharão suas opiniões, insights e reflexões com os empreendedores, visando identificar atalhos nos processos de marketing, vendas, finanças e, principalmente, parcerias estratégicas.

 

      “A proposta é construir um ecossistema forte entre os associados da assespro-SP, residentes do HUB e os ecossistemas do setor de tecnologia de todo o estado, com o mercado nacional e internacional. Seguindo nosso lema: “Vamos construir juntos!”, é exatamente disso que o espaço se trata: um local de colaboração e construção aberto ao empreendedor que busca um caminho para o desenvolvimento em seu ramo de atuação”, explica Marcelo Pascios, presidente da assespro-SP.

 

Neste novo momento, por consequência das orientações ao combate a pandemia, o hub terá um grupo inicial de 14 participantes – no plano ” RESIDENTE “. Com custo a partir de R$ 800,00 / mês, estando incluso no programa:

  •  Endereço comercial;
  •  01 estação de trabalho / coworking.
  •  Acesso ao HUB – SEG a SEX – 08h / 19h;
  •  Grupo exclusivo dos residentes do HUB;​
  •  4h/mês de sala de reunião (não acumulativa e conforme disponibilidade);
  •  Gestão de correspondência;
  •  Desconto na utilização extra da sala de reunião e treinamento, espaço para eventos e eventos no HUB*;
  •  Vídeo do Pitch e divulgação no site da assespro-SP/HUB/residentes;​
  •  Mentoria com o consultor Norio Nakashima;*
  •  Diagnóstico comunicação ON e OFF realizado pela N19 Comunicação;
  •  Palestra “Preparando sua startup para captar investidores”;
  •  01 Atividade/atendimento mensal pelo escritório Assis e Mendes Advogados.*
  • Confira + benefícios, detalhes e outros planos,  em: www.assespro-sp.org.br/HUBITIassesproSP/

TEM INTERESSE EM PARTICIPAR DO HUB ITI assespro-SP?

Acesse aqui, e cadastre-se ( no botão “Tenho interesse em acessar o ecossistema”) para ser um RESIDENTE e/ou sinalize as outras oportunidades também. Seja PF ou PJ, de tecnologia ou não. Mais que tenha interesse em inovação, tecnologia, conexão e especialmente COLABORAÇÃO!

Vamos construir juntos!

Confira as matérias em “Saiu na mídia…”

 

Sua startup ou empresa do setor de TIC, tem matriz ou filial no estado de São Paulo e ainda não é associada ao ecossistema da assespro-SP? ASSOCIE-SE!

Solicite nosso contato AQUI